close
lugares para visitar em madrid

Em poucas horas podemos estar a tomar um café na fantástica capital espanhola e é uma excelente cidade para quem quer viajar para fora de Portugal pela primeira vez. Não só é relativamente rápida e barata a viagem de avião como, se tiver receio de andar de avião pode sempre ir de carro!

Se Madrid está na sua lista de viagens a fazer para este ano de 2017 aqui ficam 5 lugares “obrigatórios” a visitar:

1 – Mercado de San Miguel

Mercado-de-San-Miguel

Este “mercado de ferro” mesmo à saída da Plaza Mayor é um dos lugares favoritos a visitar entre os turistas. Os visitantes podem provar vinhos da região, tomar um café, lanchar uma variedade de tapas prontas a comer, ou comprar ingredientes para o jantar. É unanime entre os turistas dizer que o melhor do mercado é a vasta seleção de alimentos oferecidos, bem como a diversão e a atmosfera vibrante, pois muitos dizem que ficariam pelo mercado a comer e a beber o dia todo. No entanto, alguns turistas queixam-se dos preços altos e da pouca quantidade de lugares disponíveis dentro do mesmo. De qualquer forma, todos concordam que é um dos lugares obrigatórios para quem visita Madrid. Irá encontrar o mercado a oeste do centro da cidade (Puerta del Sol).

 

2- Plaza Mayor

plaza-mayor-madrid-espanha-viagem-roteiro

Esta praça, localizada no coração de Madrid, é mais uma atração obrigatória para quem visita a cidade. Cercada por cafés e bares, a Plaza Mayor praticamente convida todos os que por ali passam a sentar e a pedir um café enquanto observam a quantidade de pessoas e espetáculos de rua que por ali passam. A praça começa a encher por volta das 2 da tarde e fica cada vez mais lotado à medida que chega a noite. Se por acaso estiver em Madrid durante as férias de verão, os moradores recomendam visitar os mercados de verão realizados na praça. É de realçar a natureza turística da Plaza Mayor – as lojas de lembranças, os restaurantes que não são gourmet mas que puxam os preços para o alto etc. – no entanto não deixa de ser um dos lugares mais movimentados da cidade e nada afugenta a curiosidade dos turistas. Irá encontrar a praça a oeste da Puerta del Sol, facilmente acessível através do metro.

 

3 – Parque del Retiro

parque del retiro

A leste do centro de Madrid, o Parque do Retiro pode ser traduzido como “O Retiro”, e é isso que ele é – uma extensa faixa verde exuberante cheia de jardins formais, lagos, cafés, parques infantis e muito mais. Este parque de 300 hectares acolhia o palácio e jardins de Felipe IV e só ficou aberto ao público por meados do século XVIII, pouco depois de a maioria dos edifícios reais terem sido incendiados.

Hoje, pode deliciar-se com o Palácio de Cristal, que realiza regularmente exposições de arte, alugar um barco a remo no lago, ou dar um passeio no Rosaleda, que tem mais de 4.000 rosas. Há também um teatro de marionetas ao ar livre para aqueles que viajam com crianças, que atua todos os sábados e domingos.

A esmagadora maioria dos viajantes aprecia muito o seu tempo no Parque. Pode aceder ao Parque Del Retiro, descendo nas estações de metro Retiro, Atocha ou Ibiza.

 

4 – Museu do Prado

museu do prado

Dos três famosos museus de Madrid, o elegante Museu Nacional do Prado é o mais procurado. Inaugurado em 1819 com a ajuda de Isabella de Bragança (esposa do rei Fernando VII), o museu contém 8.600 pinturas e mais de 700 esculturas, com estilos de arte espanhóis, italianos e flamengos. Entre as obras mais famosas destaca-se Velazquez “Las Meninas”, Goya “O Terço de maio de 1808,” El Greco “Adoração dos Pastores”. Há muitas vezes fila para entrar no Prado, por isso planeie chegar cedo e certifique-se que leva sapatos confortáveis. Embora o bilhete seja € 16 euros para adultos (visitantes menores de 18 anos, e os alunos de 18 a 25 entrar gratuitamente), tente visitar o museu nas horas livres (normalmente as últimas duas horas da noite). No entanto, recomendamos que guarde metade de um dia para visitar o museu, simplesmente porque há muito para ver. O museu está aberto de segunda a sábado, das 10h às 8h e aos domingos e feriados, das 10h às 7h. Poderá encontrar o Prado junto ao Parque del Retiro e chegar ao museu através das paragens de metro de Atocha ou Banco de España.

 

5 – Palácio Real de Madrid

palacio real madrid

Este palácio real acolheu os reis da Espanha entre os meados dos anos 1700 a 1900. Embora a família real não viva atualmente no palácio, ainda é considerada a sua residência oficial. É o maior palácio real da Europa Ocidental, com um total de 3.000 quartos, apenas alguns dos quais estão abertos ao público, incluindo o do arsenal e a farmácia real. Embora o Palácio seja algo deslumbrante o tempo de espera para entrar pode ser bastante aborrecido. Se quiser bater as multidões, certifique-se de que chega cedo. A entrada é € 10 euros para adultos, e as horas variam consoante a época. Se não estiver interessado em visitar o interior do palácio, caminhe e descanse os pés num dos dois jardins no local. Os Jardins Sabatini estão ao lado da propriedade, e são facilmente acessíveis através da rua. No entanto, se quiser mesmo fugir da multidão e respirar um ar puro visite os Jardins do Campo del Moro para um retiro verdadeiramente real. Pode chegar aos Jardins Campo del Moro, saindo do metro na estação Príncipe Pío, Plaza de España ou Ópera.

 

Receba Todas As Novidades do Blog!

Subscreva a nossa newsletter e esteja a par de tudo em primeira mão directamente no seu email.

O seu email está completamente seguro e não será usado para spam!

Comentários

comentários

Pin It on Pinterest

Share This