close
O nosso TopViagens

7 Países menos visitados da Europa mas que valem muito a pena visitar!

bosnia herzegovina

1- Moldávia (11.000 visitantes por ano)

Situa-se entre a Roménia e a Ucrânia. A principal razão para o baixo número de visitantes neste país é o seu difícil acesso, bem como o facto de não ter atrações turísticas de renome. No entanto, para os turistas que gostam de algo fora do comum, a Moldávia é um grande destino. Em mais nenhum lugar da Europa o número de turista é tão baixo, pelo que, se visitar a Moldávia quem irá encontrar serão os habitantes locais ou os turistas mais aventureiros. Em relação aos moradores, são encantadores e bastante hospitaleiros. Além disso têm um incrível talento – o vinho! As adegas na Moldávia são excelentes, e os seus produtos são uns dos melhores da Europa. A paisagem é tranquila e adorável, surpreendentemente vibrante, e através do rio Dniestr há a região excêntrica da Transnístria, um pequeno país de língua russa que retrocede aos tempos de glória da União Soviética.

moldavia

 

2- Liechtenstein (54.000 visitantes por ano)

É também um dos países europeus com menos visitantes. No entanto, se for considerado o tamanho do país, o número de visitantes não é tão baixo. Liechtenstein é como um cenário de conto de fadas: pequeno, bonito, rico e governado por um príncipe. Está localizado nos Alpes, entre a Áustria e a Suíça. Há imensos castelos para os sonhadores românticos e amantes da história, bem como trilhos e pistas para os fãs do ar livre. Tanto o esqui como as caminhadas são fabulosos, portanto quer visite o pais no Verão quer no Inverno, vai ter sempre algo para fazer. No entanto há que ter em mente que para chegar a este país tem de fazer um pequeno esforço pois não há aeroporto internacional, deste modo poderá visitar inicialmente a Suíça e posteriormente apanhar o autocarro ou comboio até ao Liechtenstein, o que felizmente não leva muito tempo pois a distância é curta (aproximadamente 2 horas).

 

liech

 

3- Bielorrússia (119.000 visitantes por ano)

A Bielorrússia é a última ditadura da Europa, e é essa a principal razão pela qual tem poucos visitantes. Apesar de ter um sistema politico controverso, o país é seguro para os visitantes, no entanto é isolado e não abunda em atrações turísticas, daí poucas pessoas decidirem lá ir. Aqueles que optam por visitar este país são recebidas pela beleza natural, por aldeias encantadoras e habitantes hospitaleiros. A maioria dos países europeus normalmente têm em comum os princípios culturais e políticos, no entanto a Bielorrússia é distinta. Criticas à parte, é definitivamente um lugar interessantíssimo de visitar.

bielorrússia

 

4- San Marino (139.000 visitantes por ano)

É um dos países mais ínfimos do mundo, por isso não admira não receber milhões de visitantes. E mesmo que todos o quiséssemos visitar, não haveria espaço para todos! No entanto, apesar de ser um país tão pequeno, está cheio de atrações turísticas. Com apenas 61km2 é a republica mais antiga do mundo. A maioria dos visitantes passa pela chamada Città di San Marino, uma área pitoresca nas encostas do Monte Titano.

san marino

 

5- Mónaco (292.000 visitantes por ano)

É o segundo menor país do mundo. Situado na costa do Mediterrâneo, os 200 hectares do Mónaco são verdadeiramente encantadores, mas não de forma humilde, é  uma cidade urbana, rica e majestosa! É um destino de turistas fantasia, iates, hotéis de luxo e a elegância omnipresente dominam a paisagem.

monaco

 

6- República da Macedónia (351.000 visitantes por ano)

Deixando para trás o passado complicado, é agora um país bonito e cativante. A situação é agora estável, e o facto da sociedade da Macedónia ser tão complicado torna-a ainda mais interessante. Não é um país com grandes atrações turísticas como o Big Ben ou a Torre Eiffel, no entanto a Macedónia ganha pela beleza da natureza, pelos belos lagos e praias atraentes, bem como pelas aldeias tradicionais, a arquitetura medieval e os vinhos deliciosos.

macedonia

 

7- Bósnia-Herzegóvina (438.000 visitantes por ano)

Já se passaram cerca de 20 anos desde a trágica guerra civil e no entanto nome da Bósnia ainda é associado a este conflito dramático. Não é um pais muito desenvolvido em comparação com a maior parte dos países europeus. Apesar de tudo, a Bósnia-Herzegóvina é agora um lugar fascinante com moradores acolhedores e uma atmosfera única. Por causa das influências otomanas, ainda há uma vibração oriental no ar, bem como as reminiscências da era socialista e da cultura ocidental moderna. Com os castelos medievais, belas aldeias e montanhas, é uma cidade verdadeiramente pitoresca.

bosnia herzegovina

 

Receba Todas As Novidades do Blog!

Subscreva a nossa newsletter e esteja a par de tudo em primeira mão directamente no seu email.

O seu email está completamente seguro e não será usado para spam!

Comentários

comentários

Pin It on Pinterest

Share This