close
Dicas & SugestõesViagens

Guia & Roteiro Completo de Veneza – O que visitar, onde comer e onde dormir!

visitar veneza

Veneza é uma cidade diferente de qualquer outra, não importa quantas vezes já a viu em fotos ou em filmes, na realidade é ainda melhor do que aquilo que imagina! Onde deveria ter ruas existem canais onde a água brilha por todo o lado. Os seus maravilhosos palácios e igrejas refletem séculos de história o que era um enorme centro comercial entre a Europa e o Oriente. Perder-se nas ruas estreitas é uma parte essencial ao visitar Veneza, e irá com certeza acabar na Piazza San Marco, onde turistas e moradores se reúnem para tomar um café ou comer qualquer coisa.

Qual a Melhor Altura Para Visitar Veneza?

visitar veneza

No pico do verão é muito quente e húmida pelo que pode ter um cheiro bastante intenso, por isso é melhor evitar que a sua visita seja entre Junho e Agosto. A Primavera e o Outono são as alturas ideais para visitar esta cidade, pois tem temperaturas amenas e menos turistas. Durante o Inverno é muito frio e pode até correr o risco de haverem inundações, mas é entre Dezembro e Janeiro que é a altura perfeita para ver a cidade mais silenciosa (exceptuando o Natal e Ano Novo), e apesar de ter muitos restaurantes e lojas fechadas, terá os canais só para si. Por isso a Primavera será sem dúvida a melhor altura para marcar as suas férias em Veneza.

 O Que Saber Antes de Ir?

As rotas de transportes públicos são limitas ás principais vias navegáveis, e existe por todo o lado locais onde terá de subir escadas, por isso deve evitar levar uma bagagem muito pesada, pois poderá ter dificuldades em se deslocar, planeie o seu trajeto com bastante atenção! É também importante saber que a maioria dos museus e galerias fecham ás segundas-feiras, e muitos restaurantes e lojas fecham em Janeiro.

como visitar veneza

Clima

Janeiro é o mês mais frio, com temperaturas médias de 3ºC.

Julho e Agosto são os mais quentes, com temperaturas médias de 23ºC, mas por causa da humidade parece bastante mais quente.

Como Chegar a Veneza?

como chegar a veneza

Os meios mais utilizados para chegar a Veneza de comboio, avião ou de cruzeiro. Há também um serviço de autocarros de longa distancia para a cidade e é também possível ir de carro, no entanto terá de estacionar na extremidade ocidental da cidade e em seguida caminhar ou apanhar um pequeno ferry até ao centro da cidade.

Se voar do Porto ou de Lisboa para Veneza irá sempre ter de fazer escala e demora cerca de 5horas. Se partir de Londres, Paris ou Madrid levará cerca de 2horas.

Se for de comboio de Paris a Veneza demora cerca de 13h. Se decidir apanhar um voo para outra zona de Itália, por exemplo Roma ou Milão poderá apanhar um comboio para Veneza e demorará cerca de 4horas ou 3horas, respetivamente.

Como Conhecer Veneza?

conhecer veneza

A melhor forma de se deslocar em Veneza é a pé. Embora o labirinto da cidade, com canais e ruas estreitas possa complicar as coisas, perder-se é a melhor forma de descobrir o fascínio da cidade. Poderá percorrer os canais de vaporetto ou de autocarro aquático (com preços acessíveis), de táxi aquático (preços elevados) ou de gôndola (bastante caro).

Vaporetto – principal transporte publico em Veneza, os passeios individuais custam 7€, para um uso frequente compre um passe cronometrado para viagens ilimitadas dentro do período definido (1, 2, 3 ou 7 dias – 20€,30€,40€ ou 60€). Poderá adquirir estes bilhetes nas bilheteiras das docas e nas máquinas de venda automática.

Gôndola – Durante o dia os preços rondam os 80€ por 30 minutos (6 passageiros no máximo) e á noite rondam os 100€ por 35 minutos entre as 19h e as 8h, não incluindo as canções.

Traghetto – Os locais utilizam este serviço para atravessar o Grande Canal entre pontes (2€).

Táxi Aquático – Os elegantes barcos de teca oferecem os seus serviços por um preço base de 15€, acrescentando 2€ por minuto mais 5€ para serviços pré-reservados ou para passeios noturnos.

 


Onde Comer?

onde comer em veneza

Os lugares mais práticos para lanchar enquanto anda a ver as mais diversas atrações são os bares, cafés e o chamado bacari veneziano. Nos bares, poderá encontrar qualquer tipo de bebida de café juntamente com um panino (sanduiche normalmente aquecida numa grelha) ou um saboroso tramezzino (sanduiche em pão branco, normalmente recheado à base de maionese). Os cafés, são muito semelhantes ao bares mas possuem mais locais para se sentar, e podem ter alguns ingredientes extras que não encontrará nos bares. No entanto pergunte sempre no balcão se se pode sentar, pois em alguns lugares cobram bastante pelo serviço à mesa.

As refeições:

Em Veneza o pequeno-almoço (la colazione) é servido entre as 7h e as 10h30, consiste geralmente num café e um bolo de canela, o único local onde poderá encontrar um pequeno-almoço com carne e ovos é no seu hotel. O almoço (il pranzo)) é servido entre as 12h30 e as 14h e o jantar (la cena) é servido entre as 7h30 e as 22h.

Se quiser saber mais sobre a gastronomia Italiana e ficar com água na boca recomendamos este post do blog Turista Profissional ==> Comidas Típicas Italiana

Top 5 Restaurantes em Veneza

 


 Onde Ficar?

hoteis em veneza

Em Veneza irá encontrar de tudo, desde os hotéis mais minimalistas ao mais luxuosos. Os arquitetos e designers mais prestigiados foram ao longo dos anos deixando a sua marca – Jacques Garcia desenhou alguns dos quartos do Danieli e Matteo Thun trabalhou no novo JW Marriott.

No que diz respeito aos preços, podem variar bastante, se o quarto tiver uma vista para qualquer tipo de canal terá um preço bastante mais baixo do que se tiver vista para o Grand Canal (neste caso poderá adicionar mais um digito ao preço final).

Antes de reservar é importante telefonar para esclarecer alguns pormenores: o tamanho do quarto, se tem ou não vista para os canais e se tem elevador. É importante reservar com muita antecedência pois os hotéis em Veneza estão na moda!

Top 5 Hotéis em Veneza

 


 

Onde Fazer Compras?

lojas em veneza

As lojas estão geralmente abertas entras as 9h e as 12h30 e as 15h30 ás 19h30. Algumas lojas fecham ao sábado a tarde ou a segunda-feira de manhã. Os supermercados estão abertos entre as 8h e as 13h e as 17h e as 19h30, e fecham ao domingo todo o dia e à quarta-feira á tarde. No entanto as lojas mais turísticas estão abertas todo o dia e todos os dias, principalmente as que se localizam na área de San Marco. Como as ruas são autênticos labirintos, é importante marcar no seu mapa a localização das lojas que mais gosta ou então pedir um cartão de visita.

Quanto mais perto estiver da Piazza San Marco, mais altos serão os preços. No verao, o seu passeio pelas lojas será acompanhado pela musica das bandas que se instalam em frente aos cafés. Nesta área encontrará uma grande concentração de boutiques, ourivesarias, antiquários e as galerias de arte mais importantes da cidade, incluindo o Bugno.

Para comprar lembranças tradicionais e baratas, o local ideal é o distrito de Rialto, que rodeia a famosa ponte de ambos os lados do Grand Canal, aqui encontrará desde chinelos aveludados que se assemelham aos sapatos dos gondoliers tradicionais, bandejas de madeira ao estilo do séc. XVIII, e “doces de vidro”, que são um presente agradável e barato. As lojas de vestuários e calçado localizam-se entre a Ponte de Rialto e o Campo San Polo, ao longo da rua Vecchia San Giovanni e Ruga Ravano e em torno do Campo Sant’Aponal. Do Rialto até ao Campo Santi Apostoli em Cannaregio, encontrará o vidro elegante e as joias Rose Douce.

10 sugestões para fazer/visitar em Veneza

  • Visite a Ponte dos Suspiros
ponte dos suspiros

É talvez a joia arquitetónica mais famosa de Veneza, e localiza-se no centro da cidade, perto da Piazza San Marco. O seu nome deriva do facto de antigamente fazer parte do complexo prisional do Palácio do Doge, e os condenados tinham de a atravessar para ir das salas de interrogatório da Doge para a nova prisão após receberem a sua sentença. Era a ultima coisa que viam antes do seu encarceramento, eram ouvidos muitos suspiros enquanto caminhavam por esta ponte e se resignavam ao seu destino. Hoje em dia, a ponte tem lembranças muito mais felizes, todos os anos milhões se reúnem aqui para admirar este projeto tão bonito.

  • Vá ao gueto veneziano
veneza gueto

Visitar o bairro judeu em Veneza está na lista de todos os visitantes da cidade. Foi o primeiro gueto do mundo, estabelecido em 1516, quando a república de Veneza restringiu os judeus a esta parte da cidade. Hoje permanece com uma população judia, com inúmeras sinagogas, restaurantes judeus, deliciosas padarias e um museu, tornando esta área uma fonte fascinante de cultura e história.

  • Piazza San Marco
piazza sao marco

Três dos principais locais de Veneza estão localizados nesta praça: a basilica de San Marco, uma maravilha bizantina, a Torre dell’Orologio e o Palácio dos Doges – um palácio gótico que foi sede do governo da República de Veneza. A praça em si é majestosa, e os visitantes que vão para Florença nos meses de outono ou inverno podem vê-la inundada, com plataformas de madeira configuradas para permitir que os moradores se movam na água com botas de chuva. Existem inúmeros cafés e restaurantes espalhados ao longo da praça, transformando-a num local perfeito para relaxar e apreciar a cultura local.

  • Tomar um Aperitivo
bares em veneza

Faça como os venezianos e saia para um aperitivo á noite. Tursitas e moradores vão para os bares pedem uma bebida e comem uns aperitivos rápidos, uma forma autêntica e italiana para jantar. As bebidas tradicionais são feitas com álcool amargo, como o Campari e o Aperol, e hpoderá escolher entre três opções: Negroni, Spritz e Americano. Experimente um dos bares mais tradicionais de Veneza, como o Skyline Bar por exemplo, que tem um panorama fantástico, oupara um cenário mais informal o Osteria All’Arco, que é frequentado por locais e conhecido pelos seus lanches deliciosos.

  • Suba o Campanile
campanile veneza

Para ter uma vista aérea de Veneza, pode apanhar um elevador para o topo do Campanile. Concluido em 912, é o edifício mais alto de Veneza, e um dos mais antigos também. Em 1902 foi atingido por uma catástrofe que o destruiu por completo, mas foi reconstruído, tentado mante-lo o mais similar possível com o original. Em dias claros, poderá também avistar à distância a cordilheira das Dolomitas.

  • Apanhe um Ferry para Murano, Burano e Torcello
ferry em veneza

Estas são as três ilhas mais famosas perto de Veneza. Murano é famoso pelo seu fantástico vidro, Burano pelo seu laço, e Torcello pela sua catedral. Os visitantes podem fazer uma visita guiada ás fábricas de vidro e comprar produtos fantásticos em Murano. O laço de Burano, foi considerado o mais bonito de todo o continente, e a ilhe é uma mini-réplica de Veneza. Em Torcello, a catedral foi construída no século 7 e as ruinas do seu batistério são um exemplo marcante da arte bizantina. Pode visitar as três ilhas num só dia ou optar por visitar cada uma com mais pormenor.

  • Capriche na Gastronomia
prato tipico em veneza

A cozinha veneziana é conhecida por toda a Itália principalmente graças á sua grande qualidade de frutos do mar. A lagoa é uma fonte local de peixe que são capturados todos os dias e servidos em muitos restaurantes. Baccalà Mantecato é um dos pratos de peixe mais típicos e é composto por bacalhau seco e salgado, misturado com alho, salsa, batatas e creme, para fazer uma deliciosa mousse. Ganso, almondegas e lagostas são outras iguarias que poderá saborear em Veneza. A região de Vêneto é bastante conhecida pelo seu vinho branco e possui algumas das melhores vinhas de Itália.

  • Grand Canal
grand canal veneza

O Grand Canal é atualmente um dos canais mais transitados que atravessa o centro de Veneza, a partir da estação ferroviária de San Marco. Nas suas laterais ficam os belos palácios, como por exemplo o infame Casanova, que foram originalmente construídos como centros de negócios pelos comerciantes da cidade. A melhor forma e mais barata de explorar este canal é de Vaporetto ou de autocarro aquático.

  • Museus de Arte
museus em veneza

A coleção Peggy Guggenheim é composta por obras dos artistas europeus e americanos mais unfluentes do século 20, e é visitada diariamente por centenas de turistas, fica no Grand Canal por isso é de muito fácil acesso. A Gallerie dell’Accademia exibe todas as pinturas mais importante de Veneza. É composta por três edifícios, e todos eles tinham laços religiosos. Napoleão foi responsável pela criação deste museu, não só por ter fechado todas as igrejas de Veneza e ter levado as suas obras de arte, mas tambem porque cirou a Accademia Di Belle Arti neste local, estabelecendo que deveria ser não só uma galeria, mas também uma escola.

  • Resfresque-se com uma delicioso Gelato
gelado em veneza

Um dos melhores gelados da cidade é servido na Boutique del Gelato, um pequeno retiro na movimentada rua San Lio. No entanto, prepare-se para esperar, pois há sempre uma enorme fila de espera. Na Alaska Gelateria-Sorbetteria Carlo Pistacchi encontrará também fantásticos gelados e poderá também encontrar novos sabores, sempre com ingredientes naturais e frescos. Para escolhas como avelã ou iogurte, ou sabores exóticos que mudam sazonalmente, como alcachofra, erva-doce, aspargo ou gengibre, a melhor opção e o Sick.

Dicas para Poupar Dinheiro em Veneza

poupar dinheiro em veneza

– Não comer na Piazza San Marco – é a área mais turística, tornando-se por isso mais cara. Evite comer aqui, apesar de as esplanadas serem muito tentadoras.

– Faça um piquenique – Existem pequenos mercados em torno da cidade, por isso compre alguns legumes frescos, frutas, queijo e vinho, e desfrute de uma deliciosa refeição de baixo custo.

– Caminhe e perca-se – Veneza é tão bonita que pode passar todo o tempo a passear pela cidade, vendo edifícios antigos, igrejas, artistas, bem como o contacto com as pessoas. A ilha é pequena por isso não se preocupe, irá sempre encontrar o seu caminho.

– Bilhetes de autocarro com desconto – Se ficar em Veneza por um longo período de tempo, considere comprar um cartão de desconto para o autocarro aquático. Poderá poupar até 25% num passe de 7 dias. Compre em VeniceConnected.com

– Compre o Venezia Única Pass – Se está a considerar fazer bastantes passeios, este passe dar-lhe-á descontos nos principais museus, passeios e atrações. O preço é fixo e se comprar com a compra de bilhetes individuais vai ver que vale a pena. Basta aceder ao site e escolher o que quer visitar, o preço varia consoante as suas escolhas.

– Peça água da torneira – peça água da torneira ou irá ter na sua conta uma garrafa de água caríssima. Além disso poderá encher as suas garrafas nos vários bebedouros ao longo da cidade.

– Compre a sua garrafa de vinho – pode comprara uma garrafa grande por apenas 4€, e é uma forma muito económica de poder sentar-se numa das praças a apreciar um bom copo de vinho.

– Couchsurf – o alojamento em Veneza é muito caro por isso experimente o Couchsurfing, poderá ficar de forma gratuita com um dos moradores e ao mesmo tempo arranjar um amigo para lhe mostrar a cidade.

– Vá num passeio a pé gratuito – é uma ótima forma de apender a história por trás dos lugares que vai vendo e para evitar deixar algum lugar para trás. A Venice Free Walking Tour tem alguns passeios que lhe mostrarão tudo o que a cidade tem para oferecer, no entanto é necessária uma reserva antecipada.

Visitar Veneza em 2 ou mais dias

Dia 1

9:00 – Passeio ao topo do Campanile.

10:00 – Explore a Piazza San Marco (por exemplo com um áudio-guia).

11:00 – Passeio da Piazza San Marco até a Ponte Rialto.

13:00 – Almoço.

14:00 – Visita ao Museu Correr (bilhete comprado aqui inclui Palácio do Doge).

15:30 – Tour pela Basílica de San Marco.

17:00 – Visite o Palácio do Doge.

19:00 – Jantar e talvez um passeio de gôndola.

22:00 –  Desfrute de uma bebida com as orquestras na Piazza San Marco.

Dia 2

9:00 – Aprecie o movimento na Ponte Rialto e no Mercado de Rialto.

10:00 – Caminhe até á Igreja Frari pelo bairro San Polo.

11:00 – Visita da Igreja Frari.

12:00 – Passeie pelo distrito de Dorsoduro em direção a Ca ‘Rezzonico, explore e desfrute do almoço ao longo do caminho.

14:00 – Tour pela Ca ‘Rezzonico (Museu ea Veneza do século XVIII).

16:00 – Visite o Museu Accademia, passeie pela Ponte Accademia e volte para Piazza San Marco.

18:00 – Jantar num pub.

Dia 3 – Passeio na Lagoa

10:00 – Apanhe o barco em Fondamente Nove a San Michele e vá até Murano.

11:00 – Tour em Murano, e veja os vitrais.

13:00 – Vá de barco para Burano e almoce lá.

15:00 – Barco para Torcello, visite a igreja de turismo e volte para Burano.

18:00 – Volte novamente para Fondamente Nove em 45 minutos, se gostaria de ver mais da lagoa opte pelo caminho de volta mais longo de barco através da península continental de Cavallino e do Lido.

20:00 Jantar e concerto em Veneza.

Dia 4 e seguintes

– Compre bilhetes e explore algumas das áreas mais caracteristocas de veneza (por exemplo Santa Margarita, as ruas de Cannaregio, o gueto judaico, ou a parte mais pacata de Dorsoduro, atrás da Accademia e Guggenheim).

– Faça uma visita guiada.

– Visite a Igreja de San Giogio Maggiore.

– Faça uma viagem até Pádua (comboio demora entre 30 a 50 minutos).

o que visitar em Veneza

Receba Todas As Novidades do Blog!

Subscreva a nossa newsletter e esteja a par de tudo em primeira mão directamente no seu email.

O seu email está completamente seguro e não será usado para spam!

Comentários

comentários

Pin It on Pinterest

Share This